Xanxerê desenvolve ações de “Vida Saudável” no Dia Mundial da Saúde

6 de abril de 2016 16:33
Comunidade , Saúde Compartilhar no Whatsapp

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com as gerências regionais e secretarias municipais da Saúde, promove nesta quinta-feira, 7, Dia Mundial da Saúde, uma mobilização estadual com o tema Vida Saudável. Haverá atividades para estimular a alimentação saudável, cuidados com a saúde e a pratica regular de exercícios físicos para a população catarinense.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) propôs que, neste ano, fossem realizadas ações voltadas para a promoção de vida saudável tendo como tema central a prevenção do diabetes. “Baseado nisso, Santa Catarina está trabalhando o tema Vida Saudável, que compreende um modo de viver envolvendo fatores como atividade física, nutrição, relações afetivas e sociais, comportamento preventivo, trabalho, moradia, serviço de saúde”, explica o superintendente de Planejamento e Gestão do SUS da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Leandro de Barros.

Os municípios realizarão várias ações, dentre elas, práticas corporais e atividades físicas em polos da Academia da Saúde (espaços físicos dotados de equipamentos e estrutura par atividade desportiva) com profissionais qualificados. O objetivo é difundir a promoção da saúde e incentivar os cuidados e os estilos de vida saudáveis.

Também haverá atividades físicas em praças e espaços públicos. Profissionais da Atenção Básica estarão em locais estratégicos verificando, gratuitamente, a pressão arterial, a antropometria (peso/altura) com o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) para identificar fatores de risco de doenças crônicas.

Serão realizadas atividades educativas mostrando o teor de sódio nos alimentos industrializados, os malefícios para a saúde da excessiva ingestão de sal e as alternativas para substituir esse ingrediente. Além disso, será estimulado o cultivo de hortas comunitárias, realização de oficinas culinárias que valorizem os alimentos regionais, promovendo atividades de educação alimentar e nutricional.

Creches e escolas que participam do Programa Saúde na Escola de todo o Estado desenvolverão atividades de promoção de alimentação saudável e atividade física no ambiente escolar, incentivando estas práticas de forma regular pela comunidade e seus familiares.

Nos 27 municípios que têm unidades do Sesc serão realizadas ações conjuntas para ampliar as atividades de incentivo a prática de vida saudável. São eles: Xanxerê, Caçador, Concórdia, Rio do Sul, São Miguel do Oeste, Araranguá, Itajaí, Joaçaba, Blumenau, Brusque, Curitibanos, Chapecó, Mafra, São Bento do Sul, Criciúma, Joinville, Tubarão, Lages, Canoinhas, Jaraguá do Sul, Balneário Camboriú, Tijucas, Laguna, Urubici, São José, Palhoça e Florianópolis.

SC se destaca em expectativa de vida

Santa Catarina é o Estado com a maior expectativa de vida do país (78,1 anos) – 3,2 anos acima da média nacional, que é de 74,9 anos. A expectativa de vida entre as mulheres é de 81,4 anos e para os homens é de 74,7 anos.

Estudo realizado em 2013, do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal que avaliou longevidade, educação e renda per capita, encontraram entre os 44 melhores índices, 11 municípios catarinenses e nenhum entre os 48 piores. Maior longevidade tem relação com a qualidade de vida e outros fatores como renda, educação e acesso aos serviços de saúde. Ressalta-se ainda que Santa Catarina está entre os estados do país com a menor mortalidade infantil e materna.

Enquanto políticas públicas de saúde, Santa Catarina destaca-se pela cobertura populacional de Estratégia de Saúde da Família (ESF), com abrangência de 80%, e de Atenção Básica, com 87%. Isso tem relação ao maior acesso aos serviços e também às ações de promoção da saúde e prevenção de doenças.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais