Xanxerê possui apenas um criador de peru

18 de setembro de 2018 10:57
Agricultura , Animais , Comunidade , Lance Notícias , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerê possui apenas um criador de peru Imagem Ilustrativa/Divulgação

A carne é saborosa, as penas são procuradas para preencher travesseiros, almofadas e acolchoados, vantagens na hora de criar, resistente e rústico, não tem restrição ao clima e se desenvolve bem em pequenas áreas. Mesmo com esse leque de opções para venda, Xanxerê possui apenas um criador de peru.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Agropecuário, Edson Zape (Timão), as condições de manejo rigorosas podem ser um dos quesitos levantados na hora de iniciar com a criação.

“Uma justificativa é que vai tudo para fora o que se cria aqui. Podemos ver que a BRF fechou uma unidade que vinha abatendo. Então, ele não tem muita procura e não desperta o interesse em haver mais produtores. Existem muitos criadores na região de Campos Novos, mas em Xanxerê, apenas um que possui o registro na Secretaria de Agricultura do município. Além disso tem também o manejo, que é bem mais rigoroso”.

Os perus têm crescimento rápido. Com quatro meses, algumas raças já contam com machos de 15 quilos e fêmeas de oito quilos. A partir do quinto mês, os perus já podem ser abatidos.

A idade de reprodução, no entanto, ocorre aos oito meses de vida. As fêmeas têm quatro posturas ao ano, entre julho e setembro. Cada uma consegue botar de 15 a 20 ovos por postura. Como são grandes, chegam a cobrir, em média, de 15 a 18 unidades em 28 dias de incubação. Além disso, são ótimas mães, a ponto de serem chocadeiras de ovos de outras espécies.

“Ele é diferente, permanece mais tempo no aviário, mas não temos dados para divulgar em relação ao custo e ao rendimento”, explica Timão.

Raças

Dentre as raças dos animais, estão: holandês branco, bourbon vermelho, mamouth bronzeado e beltsville branco, essas são raças de peru domesticadas. Há ainda o caipira, resultado do cruzamento delas. As mais adaptadas no Brasil são a mamouth bronzeado e beltsville branco, ambas indicadas para a produção de carne. A mamouth apresenta bom rendimento, enquanto a beltsville tem carne tenra e suave. Todas são grandes, mas existem também os perus pequenos, exóticos e muito usados para ornamentação.

 

Com informações Globo Rural

 

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais