Xanxerense com paralisia cerebral passa a receber medicamento do Estado

8 de janeiro de 2019 10:15
Comunidade , História , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerense com paralisia cerebral passa a receber medicamento do Estado Arthur e sua mãe Eleandra (Foto: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

O xanxerense Arthur Ferreira, de 23 anos, possui paralisia cerebral e necessita de cuidados 24 horas por dia. Por conta disso, sua mãe precisou abrir mão do trabalho para cuidar dele. Hoje, ele mora com a mãe e os avós e sua história já foi contada no Lance Notícias.

Há pouco mais de um ano a família entrou com uma ação judicial solicitando que o Governo subsidiasse uma medicação, onde cada caixa custa cerca de R$ 3.400,00 e a família não consegue custear. E, em dezembro do ano passado a mãe de Arthur, Eleandra, recebeu uma resposta positiva e começou a retirar o medicamento, que será encaminhado todos os meses para o tratamento de Arthur.

– Faz cerca de três anos que o médico receitou esse tratamento que o Arthur precisa fazer para fortalecer os ossos e ele poder fazer uma cirurgia para colocação de pinos, porque a coluna dele está atrofiando. Ele precisa fazer o tratamento por um ano e meio e eu tinha ganho três caixas do medicamento por doação, mas agora ia acabar e eu não tinha como comprar. Até que veio a resposta positiva e agora o Governo nos envia e, com isso, ele vai conseguir finalizar o tratamento para poder fazer a cirurgia – comemora a mãe.

Esse era o medicamento de custo mais alto, mas, os gastos mensais da família são altos, tanto com medicamentos, sendo que alguns não são fornecidos pelo SUS, como também com fraldas para o Arthur, frutas e vitaminas especiais que ele precisa.

Diante disso, Eleandra comenta que doações e ajuda são sempre bem-vindas. Arthur mora com a família no Bairro Nossa Senhora de Fátima, às margens da BR 282. Caso alguém tenha interesse em ajudar a família com doações, pode entrar em contato com sua mãe, Eleandra, por meio do telefone (49) 9 9126-8973.

Conheça o Arthur:

Paixão e superação de obstáculos: conheça a história de Arthur, um jovem apaixonado por caminhão


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais