Xanxerense cria calopsitas há 24 anos e vende as aves para todo o Brasil

4 de julho de 2019 11:20 | Visualizações: 1545
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerense cria calopsitas há 24 anos e vende as aves para todo o Brasil Fotos: Arquivos Pessoais

O xanxerense Valmor Golembieki se dedica a criação de calopsitas há 24 anos. Ele, já representou o município em diversos concursos, inclusive, foi campeão por seis vezes consecutivas do Campeonato Brasileiro de Ornitologia.

Tudo começou em uma edição da Festa Estadual do Milho (Femi). Valmor comenta que viu a ave e foi amor à primeira vista.

– Quando teve uma Femi, olhei para uma calopsita e pensei: é esse pássaro que vou criar. Depois passou um tempo, me mudei para um apartamento e depois para uma casa de novo e como tinha espaço, comprei mais e comecei a criar. Foi amor à primeira vista – conta.

Atualmente, o xanxerense possui mais de 300 aves e as comercializa para todo o Brasil.

– Já participei de vários concursos e fiquei campeão em vários. Hoje, tenho cerca de 300 aves e os cuidados são diários. Eu comercializo para criadores de todo o brasil, mando as fotos, eles gostam e encaminho as aves para eles – diz.

Aos 53 anos, Valmor destaca que já pensou em parar com a criação, mas não conseguiu.

– Eu já pensei em parar, mas não consigo. A família me ajuda também com os cuidados também. São dias e dias, mas eu amo muito as aves – frisa.

São mais de 30 cores da espécie e todas tem um lugar especial no coração do xanxerense.

– Existem várias cores. Hoje, na nomenclatura, tem mais de 30 cores, e eu tenho todas e gosto de todas elas – pontua.

De todos os campeonatos que já participou, o que mais lhe marcou foram as edições dos Campeonatos Brasileiro de Ornitologia.

– Os seis últimos campeonatos brasileiros que participei e ganhei todos. Esses foram o que mais me marcaram, até porque você conhece criadores de todo o Brasil – conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais