Xanxerense pede ração de presente de aniversário e destina para Bem-Estar Animal

Além de festejar com a família e amigos, Mari conseguiu arrecadar 560 kg de ração, que foram doados para a ONG Bem-Estar Animal

25 de julho de 2018 19:17
Animais , Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerense pede ração de presente de aniversário e destina para Bem-Estar Animal A data tão especial se tornou uma oportunidade de fazer o bem em prol da causa animal. (Fotos: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

Imagine fazer aniversário e ao invés de receber, você escolher dar o presente? Foi isso que a xanxerense Mari Lúcia Streciwik, decidiu fazer ao completar 60 anos. A data tão especial se tornou uma oportunidade de fazer o bem em prol da causa animal.

Além de festejar com a família e amigos, Mari conseguiu arrecadar 560 kg de ração, que foram doados para a ONG Bem-Estar Animal de Xanxerê, cujo trabalho já é reconhecido na sociedade. Com a ação, a xanxerense conseguiu também: anti-pulgas, duas castrações para cadela, uma para cachorro e R$200,00.

“Foi um momento de alegria e felicidade que compartilhamos com amigos e família, e o objetivo foi trazer mais um motivo para estar comemorando. O pedido que eu fiz para as pessoas, é que se eles quisessem me presentear, que trouxessem ração para cães e gatos, ou, castrações. Isso não é uma questão individual e sim coletiva. Eu só tenho que agradecer aos meus amigos e familiares, que apoiaram essa ideia, porque se não fosse eles, essa ação não teria sido realizada”.

Vagner Ribeiro, um dos fundadores do Grupo Bem-Estar Animal, comenta que ações como estas visam motivar ainda mais todos os voluntários.

“Isso dá uma dose de ânimo em todo o grupo. Ver pessoas assim, que entendem a mensagem e qual o significado do grupo e que percebem que é preciso ajudar os animais, é muito gratificante. Quando essas ações acontecem, a gente fica bem emocionado”.

Edilene Balen, voluntária, agradece a doação e frisa que ações como esta devem servir de incentivo para várias pessoas. “Isso enche os olhos de nós voluntários e a pança dos patudinhos. É uma coisa linda que veio em boa hora. Quem trabalha nesta causa, sabe das dificuldades que a gente tem. É uma coisa que eu espero que venha inspirar mais pessoas a fazer, porque nós voluntários dependemos de ações como esta. Temos várias famílias cadastradas que ajudamos todos os meses e nós temos uma gratidão enorme pela Mari porque quem sabe agora, vamos conseguiu ajudar as famílias que tanto pedem e nós não conseguíamos ajudar”.

Atualmente o Grupo tem enfrentando algumas dificuldades, principalmente financeiras, desta forma Vagner reforça a importância da conscientização com a causa animal.

“Hoje as atividades estão bem difíceis. A gente acredita que no momento que a população começar a se conscientizar e a entender que um animal não é um brinquedo, várias coisas vão mudar. Nós vemos cenas que cortam o coração e essas ações que nos ajudam a continuar. A gente começa a ter mais esperança e acreditamos que as coisas vão ser bem melhores”, conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais