Xanxerense se dedica há mais de 15 anos na reciclagem e cães são seus fiéis companheiros

3 de julho de 2019 09:14 | Visualizações: 987
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Xanxerense se dedica há mais de 15 anos na reciclagem e cães são seus fiéis companheiros Fotos: Alessandra Bagattini/Lance Notícias

A rotina inicia às 5h e é na família que João Batista, de 63 anos, busca forças para prosseguir com os trabalhos. Há mais de 15 anos o xanxerense se dedica a reciclagem. E quem o vê pelas ruas nem imagina que ele é defensor da causa animal. Isso porque, quem o acompanha no dia a dia são seus 18 cães.

– Eu era empregado da Prefeitura, mas me acidentei e acabei quebrando as pernas, a coluna e machuquei a cabeça. Mas, como recebo apenas meio salário, e é pouco, preciso achar outra forma de ter dinheiro. Foi assim que comecei na reciclagem e já fazem mais de 15 anos. Depois do acidente fiquei quatro anos de cadeira de rodas, melhorei e agora estou trabalhando, mas tenho problemas de visão ainda – conta.

A renda mensal de João é R$ 900,00. Além disso, ele conta com a ajuda das ONGs do município, que doam ração para seus cães.

– Eu acordo às 5h, e faço o trajeto do centro até quatro vezes por dia. Com a reciclagem eu tiro R$ 400,00, mais a aposentaria, por mês eu ganho R$ 900,00. A ONG me ajuda com os cães de rua. Tenho 18 cães que estavam abandonados e eu adotei. Eles me ajudam com comida para cachorros e um sacolão – cita.

João mora com sua esposa e filho e é por meio do seu trabalho que busca ajudar sempre a família.

– Moro com minha esposa e com meu filho, que estuda o dia todo. A minha esposa também machucou a coluna e por isso eu me viro. Todo o mês tem água e luz para pagar. O trabalho é difícil, mas temos que fazer para não passar fome – conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais