(49) 9 9827.3230

Xanxerense é homenageado no Rio de Janeiro por suas conquistas no Remo

16 de agosto de 2017 - 11:04 / Comunidade Variedades Xanxerê | Comentários
Xanxerense é homenageado no Rio de Janeiro por suas conquistas no Remo O xanxerense é recordista de medalhas pelo remo. (Fotos: Arquivos Pessoais)

Raul Bagattini, de 67 anos, residia no interior em Xanxerê. Após ter sido escalado para servir o exército, virou remador no Rio de Janeiro. Mesmo sem experiência, ele foi escolhido pelo Flamengo, na década de 1970.

O xanxerense é recordista de medalhas pelo remo. Dos seus 18 anos como remador, só defendeu o clube Rubro Negro. Foi campeão carioca com o Flamengo de 1971 a 1981 e de 1983 a 1987. Recebeu o Troféu Brasil de 1978,1980,1982,1983 e 1985.

Nesta terça-feira (15), Raul recebeu do Clube de Regatas do Flamengo uma homenagem pelas suas conquistas. Segundo ele, isso é o resultado de seu amor pelo esporte.

“Esse é um mérito pelas conquistas e também pelo meu amor ao esporte. É fruto de muita dedicação e persistência”, comenta.

Além de atleta, Raul, também atuou como vice-presidente do Remo. Entre as medalhas de ouro conquistadas, estão a do Pan Americano da Cidade do México em 1975, no dois sem, e a medalha de bronze no Pan Americano de San Juan de 1979, no quatro sem. Ele participou também de duas olimpíadas: Munique em 1972 e Montreal em 1976, ambas no dois sem.

“Eu devo tudo ao remo, tudo o que eu sou atualmente devo ao esporte”, diz.

Atualmente, Raul Bagattini, reside no Rio de Janeiro com sua família, onde também possuí sua empresa. O mesmo visita o Oeste Catarinense, uma vez por ano.

 

Raul e a família.

 

Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário