Pittol
Pittol

Artes no Quintal: moradora de Xanxerê investe no artesanato

Lance Notícias | Variedades | 17/01/2022 18:15
Artes no Quintal: moradora de Xanxerê investe no artesanato
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 35115

A arte se expressa de várias formas, e além de servir como passatempo e de terapia, também serve como uma fonte de renda. Tendo isso em vista, a moradora de Xanxerê Marlene Zambiazi decidiu criar o seu ateliê, há treze anos, o Artes no Quintal.

Marlene conta que na época, ela e suas filhas organizaram alguns móveis antigos e materiais em um espaço nos fundos de casa. Tudo iniciou muito simples, mas servia para o momento:

– A ideia era começar com o que tínhamos em mãos, porque não havia condição financeira para detalhes muito elaborados. Atualmente divulgo meu trabalho apenas online, mas o sonho de voltar a ter um espaço permanece – comenta Marlene.

Ela conta que o artesanato sempre fez parte de sua vida, pois produzia várias formas de peças, como arte em gesso, MDF e também confeccionava peças de bijuteria. Por fim, decidiu definir seu trabalho apenas em tecidos:

– Hoje produzo alguns modelos de bonecas de pano, guirlandas de porta (em bastidor com fundo em linho e aplicações conforme o gosto do cliente), toalhas de prato com barras temáticas (semaninha ou flores e frutos), Linha Baby (cueiros, ursinhos, porta maternidade e necessaires) e alguns itens para mesa posta: capas de tecido removível para sousplat em MDF, jogos americanos, trilhos de mesa, guardanapos e anéis de guardanapos – conta.

Marlene destaca, ainda, que a técnica do trabalho manual se diferencia da produção em série industrializada, e que muitas vezes é a única fonte de renda de algumas famílias. Mas ela tem orgulho em ser artesã:

– Eu sigo com orgulho de ser artesã, mesmo sabendo que nosso trabalho de forma geral, nem sempre é valorizado. O artesanato me proporcionou novos amigos e experiências, sou muito grata – finaliza,

Para encomendar as peças da Marlene, basta acessar sua página no Instagram – @artesnoquintal, ou pelo seu número de WhatsApp – (49) 9 9185-1434.

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias