Pittol
Pittol

Confira a história de um xanxerense que é campeão mundial de Jiu-jitsu

Lance Notícias | Esporte , Xanxerê | 02/06/2022 11:27
Confira a história de um xanxerense que é campeão mundial de Jiu-jitsu
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 28325

Crystian da Cunha é natural de Xanxerê, hoje trabalha como professor de jiu-jitsu que é o foco de sua vida e está concluindo o curso de Educação física. Ele iniciou no jiu-jitsu há mais de dez anos por conta do incentivo de sua esposa que já praticava Muay Thai. Desta maneira, foi pegando amor pela arte do jiu-jitsu e também a vontade de competir, inclusive nos primeiros meses já estava competindo a nível estadual.

Em 2013 ganhou uma seletiva para o mundial onde qualificou-se para ir lutar, mas por falta do visto não conseguiu ir para os EUA. Foi então que em 2019 as coisas deram certo e acabou conquistando o segundo lugar no campeonato mundial de jiu-jitsu, dentre uma chave com mais de 30 outros atletas.

— Sempre fui uma pessoa que gosta de competições, isso me motiva, então cheguei a conquistar vários campeonatos a nível estadual, nível nacional e nível mundial. Recentemente todo este meu currículo me fez receber uma proposta de ir para os EUA e trabalhar por lá — comenta.

Em um primeiro momento, ele foi à Flórida onde aprendeu a metodologia de ensino da American Top Team que é uma das maiores equipes de artes marciais do mundo.

— Lá tive o prazer de treinar com várias pessoas que circulam nos maiores eventos de MMA do mundo. Foi um período bem legal, onde fui bem recebido inclusive por Brasileiros que já moravam lá a algum tempo. foi um período que deu um “UP” no meu jiu-Jitsu pelo fato de ter muita gente famosa envolvida — afirma.

Com isso Crystian foi para o estado de Ohio, para ser o Head Coach de jiu-jitsu de uma das filiais. Vale ressaltar, que o estado de Ohio tem o wrestler (luta profissional) muito forte, por isso se aprende na escola, então tinha muita gente com uma noção muito boa e com muita vontade de aprender sobre a cultura do jiu-jitsu que é uma modalidade que vem ganhando espaço nos EUA de uma forma muito grande.

— Sendo assim, por eu ser faixa preta e brasileiro o pessoal tinha um respeito enorme por mim, mas também pelo meu currículo isso é algo que eles apreciam demais. Juntando o fato de que eu sou um professor que sempre está treinando junto com os alunos, creio que foi a parte que eles mais curtiram — fala.

Ele conta que foi sozinho, sem sua família e isso dificultou, já que o visto de trabalho estava demorando e a saudade da família só aumentava acabou retornando ao Brasil.

— A experiencia que tive foi a melhor, fui muito bem recepcionado e fiz várias amizades, tanto que neste dia (12) dois americanos irão vir para Xanxerê me visitar — ressalta.

Com toda essa trajetória, seu plano no momento é fomentar o Jiu-jitsu em Xanxerê, tendo uma grande bagagem ele diz se sentir no dever de contribuir com seus conhecimentos do esporte para Xanxerê.

— Acredito, que posso lapidar crianças e adultos, pois vejo várias pessoas dentro das artes marciais em Xanxerê que se destacam muito e não recebem o devido reconhecimento e eu quero mudar isso. Quero mostrar que o jiu-jitsu é uma grande ferramenta para a educação e inclusão social — explica.

Questionado sobre seus sentimentos relacionado ao esporte ele diz o seguinte:

— Não consigo mais viver sem o jiu-jitsu, me faz um bem enorme e me mudou como pessoa, me tornou mais centrado e me fez me conhecer melhor, é um esporte que me desafia todos os dias, e isso é o que torna a modalidade tão especial — relata.

Sabe-se que é uma arte que envolve muito respeito e disciplina, não existindo um grupo seleto para praticar, basta ter vontade de aprender e vontade de se superar todos os dias.

Hoje Crystian atua como professor de Jiu-jitsu na academia Brazuca, juntamente com o professor Thassio de Negri, com turmas infantis e adultos.

 

Confira a história de um xanxerense que é campeão mundial de Jiu-jitsu
Confira a história de um xanxerense que é campeão mundial de Jiu-jitsu
Confira a história de um xanxerense que é campeão mundial de Jiu-jitsu

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias