vitta cardio menu

Família continua precisando de ajuda para pagar tratamento de Pedro Miranda

Felipe Bastos | Comunidade | 31/07/2020 18:28
Família continua precisando de ajuda para pagar tratamento de Pedro Miranda Foto: Arquivo Pessoal
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 21050

A luta da família para buscar recursos para o tratamento do pequeno Pedro Henrique Pires Miranda de um ano e quatro meses continua. Eles moram em Abelardo Luz e de acordo com o laudo médico, o filho apresenta atraso significativo no desenvolvimento neuropsicomotor e um quadro compatível com paralisia cerebral.

– Estamos em uma luta diária. Ainda não tem um prazo de quando tudo isso deve terminar. Os médicos falaram que pelo menos até os três anos de idade, todos os tratamentos devem continuar no Pedro. Meu filho faz vários tipos de tratamentos e toma muitos medicamentos contínuos – disse o pai, Amilton Rogério Miranda.

Pedro precisa de cuidados durante 24 horas por dia. A mãe, não consegue trabalhar porque precisa ficar cuidando do pequeno. O pai, está fazendo bicos para ajudar nas despesas da casa e também do tratamento do filho.

– Hoje ele faz uso diário de ventilação mecânica e de uma bomba para se alimenta. Precisamos fazer a aspiração constante de secreção. O Pedro faz uso de remédio controlado devido ao quadro de convulsão que acabou desenvolvendo. Ele tem hipertireoidismo, intolerância a lactose e refluxo – disse o pai.

De acordo com a família, quase todo o tratamento realizado por Pedro é custeado com a ajuda do município, porém, há custos extras que não estão inclusos, diante disso, o pedido é por ajuda.

Entre exames, remédios, suplementos e energia elétrica, a família tem um custo de aproximadamente 1.200 reais mensais. Como, para a família, as despesas são altas, eles contam com a ajuda de muitos amigos e familiares.

Para a comunidade interessada em ajudar, foi aberta uma conta bancária. Eles aceitam qualquer valor em dinheiro.

Pedro Henrique Pires Miranda

Banco do Brasil

Agência 1382-x

Conta corrente 32.993-2

Deixe seu comentário