vitta cardio menu
Santa Aurora Direita

Mãe e filha de Xanxerê fazem mondongo e agnolines para vender

Felipe Bastos | Comunidade | 03/05/2021 18:35
Mãe e filha de Xanxerê fazem mondongo e agnolines para vender Foto: Arquivo Pessoal
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 35115

Desde que começou a pandemia que a moradora do bairro João Winckler, Lenir Sheila Bradella, faz vários tipos de comidas para vender. São empadões, lasanhas caseiras, bolachas, torteis e agnolines. E entre essas delícias, está também os mondongos.

– Eu precisei me reinventar na verdade. Sempre gostei de cozinhar, amo, e eu e meu marido tínhamos um bar, mas por causa da pandemia a gente precisou fechar porque não podemos abrir. Então, resolvi fazer todas essas delícias para com certeza ajudar na renda da família já que as contas estão aí – diz Lenir.

Lenir começou fazendo os mondongos e as macarronadas que antes eram vendidos no próprio bar. Tudo que sobrava era congelado para em seguida ser vendido. A ideia é continuar com a produção e quem sabe no futuro construir um espaço próprio.

– Graças a Deus tudo tem dado muito certo. Quem faz todos esses pratos sou eu e minha filha que tem 18 anos. Fazemos em casa mesmo com todo amor e carinho do mundo. Quero num futuro ter uma salinha própria para que a gente possa aumentar nossa produção. Se Deus quiser, vai dar muito certo – finaliza.

O carro chefe de Lenir e a filha, são os mondongos e os agnolines. Esses são considerados os queridinhos das duas. Inclusive, todas as terças-feiras e sextas-feiras, quem fizer as encomendas, a entrega é de graça.

Se você ficou com água na boca e quiser experimentar essas comidas basta fazer os pedidos pelo telefone (49) 9 9966-6709.

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias