Xanxerê

Maicon Fiuza | 25/11/2023 11:48

25/11/2023 11:48

522637 visualizações

Ambientalista e Criador de Macacos de Xanxerê, apresenta mais um empreendimento Ambiental

Famoso e reconhecido no país, Pioneiro na criação de Primatas (Macacos Pregos e Saguis), e único autorizado no Brasil na Criação Comercial dos Macaquinhos, o Sr. Vilson Carlos Zarembski, apresenta agora seu novo empreendimento Ambiental, denominado “Paraíso das Abelhas”

Seu Vilson nos relata:

— Estou há anos lidando com as Abelhas Sem Ferrão, sempre fazendo meu papel de conservador da biodiversidade em tudo que faço, as Abelhas também sempre me fascinaram. Porém nunca expus a criação, por ser um hobby, mais para enxameações na natureza, para a conservação das espécies — relata.

No mundo existem aproximadamente 400 espécies dessas abelhas sociais, no Brasil mais de 300 espécies, não são melíferas como as APIS, Abelhas europeias (com ferrão), MAS seus produtos, altamente medicinais, na maioria das espécies. Algumas espécies mais criadas: Mandaçaia, Mandaguari, Manduri, Tubuna, Canudo, Borá, Jataí, Guaraipo, Bugia, Uruçu, Mirins, Iraí.

O Meliponário depois de pronto, receberá visitantes e turistas, que ao viajarem para conhecer nosso criadouro, já irão visitar também o Meliponário, e também faremos nosso trabalho de educação ambiental, para alunos de colégios, e universidades, com aulas práticas de conhecimento e conservação das espécies.

Como ambientalista, Vilson destaca:

— É possível mudar o cenário ambiental em todos os cantos do Brasil, com as criações de abelhas, tanto com as APIS ou com as ASF, haja visto que o incentivo a criação das abelhas, gera a conservação das matas, e o aumento do plantio de plantas e árvores melíferas. “Não se produz mel sem as árvores”, uma coisa puxa a outra — destaca.

Finaliza ressaltando sobre as áreas de reserva ecológica que possui:

— Eu já faço a minha parte, criei as minhas áreas de reserva ecológica, mas quanto mais pessoas criarem, podemos ter um aumento considerável das matas, com a criação de Abelhas, ganha o meio ambiente no geral. Aumentando as matas, haverá mais refúgio para os animais, proporcionando uma explosão de biodiversidades da fauna e flora — finaliza.

Deixe seu comentário