Solidariedade

Éricka Veloso Dos Santos | 15/04/2024 10:35

15/04/2024 10:35

110387 visualizações

Família de Arselino, vítima de uma doença incurável, cria PIX solidário para custear tratamentos médicos

Arselino, 54 anos, enfrenta a ELA. Sua família criou um PIX solidário para custear tratamentos.

Arselino Ribeiro Pinto, 54 anos, enfrenta uma condição desafiadora de saúde, pois encontra-se totalmente acamado e incapaz de movimentar seu corpo. Sua alimentação é realizada por via gastro. Além disso, Arselino necessita do uso de fraldas e de uma variedade de medicamentos para gerenciar sua condição.

O início dos sintomas aconteceu no ano de 2022, quando Arselino recebeu diagnósticos incorretos de três neurologistas. Enquanto um médico sugeriu Parkinson e outros dois diagnosticaram um AVC, foi somente após a avaliação de um quarto neurologista que a verdadeira causa de seus sintomas foi revelada: Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA).

A ELA é uma doença neurodegenerativa que causa progressiva perda de função muscular e paralisia, afetando movimentos voluntários, fala, deglutição e respiração.

Arselino necessita de tratamentos essenciais, como fonoaudiologia, fisioterapia respiratória e motora, que não são contemplados pelo SUS, resultando na necessidade de acesso a esses serviços por meio de recursos particulares. Embora o SUS disponibilize apenas uma sessão semanal de fisioterapia motora, juntamente com algumas sessões com psicólogo, a cobertura não é suficiente para atender às necessidades específicas.

Clique aqui para seguir a comunidade do Grupo Lance Notícias no WhatsApp.

Assim, a família de Arselino lançou uma campanha pela internet, buscando apoio financeiro para garantir que ele receba os cuidados necessários. A família disponibiliza um Pix para doações, com a chave sendo o número de celular de Paulina Fátima Iltchenco: 49 999308586. Visitas são bem-vindas em sua residência na rua Cerejeiras, 159, bairro Bela Vista.

Deixe seu comentário