vitta cardio menu

Preço do leite dispara e consumidores sentem no bolso a alta. Entenda o motivo!

Patrícia Silva | Xanxerê | 25/03/2020 13:50
Preço do leite dispara e consumidores sentem no bolso a alta. Entenda o motivo! Foto: divulgação
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 85500

Nos supermercados os consumidores já perceberam que o valor do leite subiu consideravelmente. O valor que antes estava, em média, R$ 2,20 agora já passa dos R$ 3,50.

Em Xanxerê, assim como em todo o estado, não é diferente. De acordo com o supermercadista Rafael Marció, o aumento foi repassado pelos fornecedores.

– A indústria se aproveitou do momento e aumentou os valores. Semana passada nós compramos leite por R$2,10, nesta semana, sem motivo algum, o valor subiu para R$ 3,49. Estamos vendendo leite a preço de custo, sem assim o consumidor final está sentindo esse aumento – comenta Rafael.

 

Atuação do Procon

O Procon de Santa Catarina notificou ainda na terça-feira (24) três empresas de laticínios pelo reajuste no preço do leite longa vida distribuído aos supermercados. Denúncias recebidas pelo órgão de defesa do consumidor dão conta de que o valor chegou a subir 50% nos últimos sete dias.

Foram notificadas as empresas Aurora, Terra Viva e Tirol, que terão 24 horas para responder ao Procon e ao Ministério Público de Santa Catarina qual a justificativa para o reajuste de preços. Também terão que apresentar as notas fiscais emitidas na última semana.

O coordenador do Procon de Xanxerê, Winícius Pertille, comenta que o problema ocorre em todo o estado.

– Essa situação não ocorre somente em Xanxerê, com base nas informações dos Procons municipais e da própria acats, o procon estadual já emitiu notificações diretamente a três indústrias em razão dos aumentos – diz.

Caso o aumento do leite não seja justificado, pode configurar prática abusiva, de acordo com o Procon.

O que dizem as indústrias

A Aurora informou, por meio da assessoria de imprensa, que aguarda receber a notificação para se manifestar.

A indústria Terra Viva informou que recebeu a notificação, mas não havia nenhum responsável disponível para comentar o caso.

Em nota, a Tirol informou que ainda não foi notificada e “não enxerga motivos para isso”. Diz, ainda, que o leite longa vida está sujeito a diversas variáveis que interferem no preço – “Uma série de fatores determinam o preço do leite UHT, dentre eles a entre safra pela qual estamos passando, a seca que nos assola, a subida dos preços dos insumos, o custo adicional para distribuição pulverizada do Leite Longa Vida decorrente da emergência do atendimento ao consumidor, enfim, todos os fatores infelizmente coincidiram com esse período. Conclusões precipitadas não podem ser tomadas”.

Em contato com produtores rurais de Xanxerê, se obteve a informação de que o reajuste não foi passado para eles. O valor varia de acordo com a quantidade, qualidade e também o laticínio entregue, mas a média recebida no momento é de R$ 1,30.

 

 

Deixe seu comentário