Pittol
Pittol

Um esporte de superação: jovem dedica a vida para se tornar um fisiculturista

Lance Notícias | Esporte , Xanxerê | 06/06/2022 18:18
Um esporte de superação: jovem dedica a vida para se tornar um fisiculturista
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 21923

Jorge Amado Belo é natural de Xanxerê, tem 24 anos e é formado em análise e desenvolvimento de sistemas e hoje conta sua história sobre seu sonho em se tornar um fisiculturista.

Desta maneira, ele conta que pisou pela primeira vez em uma sala de musculação em 2014 e aos 15 anos de idade pesava 46kg, a ideia dele era somente deixar de ser muito magro, por se tratar de um esporte onde se vê os resultados conforme o desempenho e dedicação da pessoa.

— Na época comecei a acompanhar vídeos do Felipe Franco (um dos embaixadores do fisiculturismo no brasil), com a intenção de aprender a treinar corretamente, foi então que conheci o fisiculturismo de fato até então não sabia nem mesmo da existência do esporte — comenta.

Sendo assim, buscando mais conhecimentos sobre o esporte, foi em 2018 que decidiu fazer um trabalho pela primeira vez com um preparador de atletas de fisiculturismo (Guilherme), onde conseguiu ter uma visão diferente além daquela que vinha seguindo.

— Após uma temporada de trabalho com o Guilherme, decidi seguir sozinho por um tempo, testando coisas novas, foi onde inclusive tive meu primeiro contato com hormônios que é algo que faz parte do esporte (apesar de ser um pouco discriminado a utilização, se feito com conhecimento, e um certo acompanhamento, junto de exames, acredito não ter problemas) — afirma.

Vale ressaltar, que em 2021 o mesmo realizou um trabalho com um atleta de alto nível chamado Livinho, onde novamente teve uma boa evolução e também uma nova visão de trabalho, pois o Livinho na época estava sendo preparado por um treinador chamado Stefan da Austrália, com uma metodologia diferenciada.

— Nesse momento nunca tinha comido tanto em minha vida (risos) nessa época ao final da temporada de offseason (período de ganhos) cheguei aos “80kg”, nesse período o Livinho estava em busca do seu PRO CARD, e com isso não conseguia dar muita atenção para o trabalho, com isso conversamos e achamos melhor parar os trabalhos, foi onde iniciei um trabalho dessa vez com o Vitor Lima, atleta profissional, um atleta com um currículo gigantesco, o qual também já utilizava de metodologias diferenciadas, uma linha de trabalho mais séria — relata.

Foi então, que Vitor o informou que ele já estava com um volume ok para fazer a primeira competição, então iniciaram um trabalho de cutting + preparação com o intuito de competir nos estreantes /estadual IFBB (11/06/2022), até então estava tudo certo, foi um longo trabalho.

Entretanto, faltando 29 dias, o jovem teve que adiar a competição por problemas de saúde, foi nos dias mais frio do ano, além de doente ele ficou com a imunidade baixa, seu quadro somente estava piorando, juntamente também da alta restrição calórica devido ao período, então decidiu parar com a preparação e melhorar.

— Atualmente eu mesmo venho cuidando do protocolo em geral sozinho, faço minhas divisões de treino, dieta / hormônios, entre outros afins, penso que agora devo aproveitar para evoluir mais meu físico, para aí sim fazer um novo campeonato, pois o período de preparação também é longo, geralmente 16 semanas, então antes de iniciar uma nova preparação preciso ter um melhor preenchimento muscular — conclui.

Questionado sobre seus sentimentos referente ao esporte:

— Difícil descrever com palavras, já é algo que faz parte de mim, hoje não consigo me ver fora desse lifestyle, conforme você vai mergulhando nesse esporte, mais difícil é ficar longe dele, é um esporte que trata muito de superação, é você procurar evoluir, se superar todos os dias em busca de resultados — finaliza.

Confira sua trajetória em seu Instagram: @jorge_belo

Altura: 1,60.

Peso: 75 Kg.

Um esporte de superação: jovem dedica a vida para se tornar um fisiculturista

Deixe seu comentário

Acesse nosso grupo de notícias