vitta cardio menu

Xanxerê trabalha plano de ação para minimizar efeitos da estiagem

Patrícia Silva | Comunidade | 20/05/2020 07:31
Xanxerê trabalha plano de ação para minimizar efeitos da estiagem Foto: divulgação
Compartilhar no Whatsapp
Visualizações: 14454

Os efeitos da estiagem no município de Xanxerê vêm sendo sentidos há diversos meses. Nos últimos seis meses já foram entregues mais de 1,5 milhão de litros d’água às comunidades das linhas Rodrigues, Medianeira, Invernadinha, Costa do Irani, Jardim Pesqueiro e Manjolinho.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Xanxerê, Ronaldo Luzzi, a situação é preocupante, pois não há previsão de chuva significativa nos próximos meses, o que está deixando a Administração Municipal extremamente preocupada. Em razão disso, o município criou um grupo colegiado envolvendo Defesa Civil Municipal e Estadual, secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, secretaria de Obras e Infraestrutura, secretaria de Saúde, Corpo de Bombeiros, Casan, Epagri, Cidasc, que estão elaborando um plano de ação para avaliar os efeitos da estiagem no município e estudar o que será feito para tentar minimizar a falta de chuva em Xanxerê.

O coordenador regional da Defesa Civil, Luciano Peri, salientou que a chuva que vem ocorrendo não é suficiente para abastecer o manancial, pois há mais de um ano o município vem sofrendo com a estiagem, com chuvas 50% abaixo da média.

– Isso nos preocupa muito, principalmente no que se refere a qualidade da água, ainda mais em um momento de pandemia como esse – enfatiza.

O prefeito Avelino Menegolla reforçou que o município tem feito tudo o que está ao alcance para amenizar os efeitos da estiagem nas comunidades do interior.

– Hoje estamos fazendo de tudo para auxiliar os agricultores, mas não teremos condições de atender a todos se a situação de agravar – detalha.

O município fará um pedido à Casan, em Florianópolis, para o transporte de água potável às comunidades do interior mais atingidas com a falta d’água, pois a água que hoje é levada não serve para consumo humano, apenas para os animais.

PERFURAÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS

Pensando em uma ação a longo prazo e que irá beneficiar algumas das principais comunidades atingidas com a estiagem, a Secretaria de Agricultura e Políticas Ambientais está com o projeto em andamento para a perfuração de três poços artesianos que irão beneficiar as comunidades da linha Perau das Flores, Costa do Irani, Linha Sufiatti, Bom Sucesso e Linha Salete.

Os poços serão executados através da Adesão do município de Xanxerê ao Consórcio CIDEMA através do programa Programa de Perfuração de Poços Artesianos (Propoços). A contratação do Geólogo para análise dos locais de possível perfuração será o próximo passo a ser adotado pela secretaria, bem como a elaboração do projeto para liberação da licença ambiental.

A estimativa é que nos próximos 30 dias todo esse processo esteja concluído e os trabalhos sejam iniciados.

Deixe seu comentário